Perguntas Mais Frequentes

Onde são negociadas as ações da Positivo Tecnologia?

As ações da Positivo Tecnologia estão registradas para negociação na B3 S.A sob o código “POSI3”, admitidas à negociação no Novo Mercado, nível mais elevado de práticas diferenciadas de governança corporativa.

Quais os direitos das ações ordinárias da Positivo Tecnologia?

As ações da Positivo Tecnologia garantem aos seus titulares todos os direitos assegurados às ações de sua emissão, nos termos previstos em seu Estatuto Social, na Lei das Sociedades por Ações e no Regulamento do Novo Mercado, dentre os quais incluem-se os seguintes:

  • Direito de voto nas assembleias gerais da Companhia, sendo que a cada ação corresponderá a um voto;
  • Direito ao dividendo mínimo obrigatório, em cada exercício social, não inferior a 25% do lucro líquido do respectivo exercício, ajustado nos termos do artigo 202 da Lei das Sociedades Por Ações;
  • em caso de alienação, direta ou indireta, a título oneroso, do controle da Positivo Tecnologia, ainda que por meio de operações sucessivas, esta deverá ser contratada sob condição, suspensiva ou resolutiva, de que o adquirente do controle se obrigue a efetivar oferta pública de aquisição das ações (“OPA”) dos demais acionistas, observando as condições e os prazos previstos na legislação vigente e no Regulamento de Listagem do Novo Mercado (“Regulamento do Novo Mercado”), de forma a lhes assegurar tratamento igualitário ao do alienante do controle;
  • em caso de cancelamento do registro da Companhia de companhia aberta ou de cancelamento de listagem da Companhia no Novo Mercado da B3 S.A , direito de alienação de suas ações em OPA a ser lançada pelo acionista controlador por, no mínimo, seu respectivo valor econômico apurado mediante elaboração de laudo de avaliação por empresa especializada e independente da Positivo Tecnologia, seus administradores e controladores, bem como do poder de decisão desses, com experiência comprovada e escolhida pela assembléia de acionistas titulares de ações em circulação a partir de lista tríplice apresentada pelo Conselho de Administração da Companhia;
  • Direito de recebimento de dividendos integrais e todos os outros benefícios que vierem a ser declarados pela Positivo Tecnologia; e
  • Todos os demais direitos assegurados às Ações nos termos da Lei das Sociedades por Ações, do Regulamento do Novo Mercado e do Estatuto Social da Companhia.
Como e onde a Positivo Tecnologia divulga suas informações?

As demonstrações financeiras completas são publicadas anualmente no Diário Oficial do Estado do Paraná, Metrópole e Estado de S.P. Demonstrações financeiras trimestrais, press releases, apresentações, fatos relevantes e avisos aos acionistas estão disponíveis na área de relações com investidores do website da Positivo Tecnologia (www.positivotecnologia.com.br/ri).Outras informações sobre a Companhia também podem ser obtidas nos sites da Bolsa de Valores de São Paulo (www.b3.com.br/pt_br/) e Comissão de Valores Mobiliários (www.cvm.gov.br).

As demonstrações financeiras completas são publicadas anualmente no Diário Oficial do Estado do Paraná e no Jornal Indústria e Comércio. Demonstrações financeiras trimestrais, press releases, apresentações, fatos relevantes e avisos aos acionistas estão disponíveis na área de relações com investidores do website da Positivo Tecnologia (www.positivotecnologia.com.br/ri). Outras informações sobre a Companhia também podem ser obtidas nos sites da Bolsa de Valores de São Paulo (www.b3.com.br/pt_br/) e Comissão de Valores Mobiliários (www.cvm.gov.br).

Como investir em ações?

Antes de procurar uma Corretora de Valores, sugere-se que você estude o assunto no site da Bovespa. Contribuindo para o aprendizado do iniciante, a Bolsa de Valores de São Paulo elaborou um Curso Básico sobre o Mercado de Ações. São três módulos distintos, que ainda trazem exercícios para você testar seus conhecimentos.

Depois disso, o próximo passo é você procurar uma Corretora de Valores. As Corretoras e outros intermediários financeiros dispõem de profissionais voltados à análise de mercado, de setores e de companhias, e com eles você poderá se informar sobre o momento certo de comprar e vender determinadas ações para obter melhores resultados.

Você também pode negociar ações via Internet. Para tanto, é necessário que você seja cliente de uma Corretora da B3 S.A que disponha do sistema Home Broker, o qual permite a negociação de ações via Internet.

Quem é responsável e onde é feito o atendimento aos acionistas?

O atendimento aos acionistas da Positivo Tecnologia é efetuado em qualquer agência na cidade de São Paulo, bem como nos telefones abaixo:

3003 9285 (capitais e regiões metropolitanas)

0800 720 9285 (demais localidades).

Endereços e contatos das agências especializadas

Rio de Janeiro
Contato: Mônica Lopes Carvalho Rodrigues
Av. Almirante Barroso, 52- 2º andar – Centro
Telefone: 3003-9285

São Paulo
Contato: Claudia A Germano Vasconcellos
R. Boa Vista, 176 – 1º Subsolo – Centro
Telefone: 3003-9285

Como posso contatar a Área de Relações com Investidores?

Positivo Tecnologia S.A.
Rua João Bettega, 5200 CIC Curitiba – Paraná
CEP 81350-000
Telefone: (41) 3239-7887
www.positivotecnologia.com.br/ri E-mail: ir@positivo.com.br

Paulo Eduardo Junqueira de Arantes Filho
Vice-Presidente de Finanças e de Relações com Investidores

Guilherme Mei Carrasco
Diretor de Tesouraria e de Relações com Investidores

Thomas Demaret Black
Coordenador Financeiro e de Relações com Investidores

Por que a Positivo Tecnologia utiliza EBITDA e EBITDA Ajustado?

EBITDA corresponde ao lucro antes de despesas (receitas) financeiras líquidas, do IRPJ e da CSLL e, da depreciação e amortização. O cálculo do EBITDA não corresponde a uma prática contábil adotada no Brasil, não representa o fluxo de caixa para os períodos apresentados e não deve ser considerado substituto do lucro líquido, como indicador de nosso desempenho operacional ou substituto do fluxo de caixa como indicador de liquidez. O EBITDA não tem significado padronizado e a nossa definição de EBITDA pode não ser igual ou comparável à definição de EBITDA ou EBITDA Ajustado utilizada por outras companhias.

EBITDA Ajustado é formado pelo EBITDA, sendo ajustado pela adição da parcela referente à subvenção para investimentos contabilizada como passivo circulante e que é reconhecida no resultado à medida que os investimentos obrigatórios em P&D relativos a esse montante sejam amortizados. O cálculo do EBITDA Ajustado não corresponde a uma prática contábil adotada no Brasil, não representa o fluxo de caixa para os períodos apresentados e não deve ser considerado substituto do lucro líquido, como indicador de nosso desempenho operacional ou substituto do fluxo de caixa como indicador de liquidez. O EBITDA Ajustado não tem significado padronizado e a nossa definição de EBITDA Ajustado pode não ser igual ou comparável à definição de EBITDA ou EBITDA Ajustado utilizada por outras companhias.

A administração da Positivo Tecnologia acredita que o EBITDA e o EBITDA Ajustado são medidas práticas para aferir seu desempenho operacional e permitir uma comparação com outras companhias do mesmo segmento. Entretanto, ressalta-se que o EBITDA e o EBITDA Ajustado não são medidas estabelecidas de acordo com os Princípios Contábeis Brasileiros (Legislação Societária ou BR GAAP) ou Princípios Contábeis Norte-Americanos (US GAAP) e podem ser definidos e calculados de maneira diversa por outras companhias.

Quais os documentos necessários para a transferência de ações?

Formulário de “Transferência de Ações, Cotas e/ou Debêntures Escriturais/Nominativas” devidamente preenchido, com reconhecimento de firma por autenticidade do cedente e do cessionário.

Para a transferência de Cotas de Ações, é indispensável o preenchimento do valor da operação, no campo apropriado.

1.1 – Pessoa Física
Documento de identificação, CPF e comprovante de residência em vias originais ou cópias autenticadas do cedente e do cessionário.

1.2 – Pessoa Jurídica
Representantes legais da empresa

  • Documentos em vias originais ou cópia autenticada;
  • Documentos de identificação, CPF e comprovante de residência dos representantes legais da empresa e os mesmos documentos do cessionário;
  • Contrato social, Ata de Eleição da última diretoria ou documento comprobatório de que a pessoa que assina é representante legal da pessoa jurídica;
  • Última alteração da empresa registrada na junta comercial. Se a última alteração tiver ocorrido há mais de um ano, apresentar o breve relato da junta comercial, onde estará descrita a última alteração efetuada.

Obs. Quando se tratar de firma individual o documento da empresa a ser apresentado será somente a “declaração de firma individual”.

1.3 – Pessoa Física
Para realização das transferências por procuração, além dos documentos do cedente e cessionário, será necessário:

  • Procuração por instrumento público, em via original, com poderes específicos para transferência, devendo constar nome da empresa emitente, tipo e quantidade de ações a serem transferidas;
  • Documento de identificação, CPF e comprovante de residência do procurador.

1.4 – Menor de Idade púbere (16 a 18 anos)
Formulário de transferência será assinado pelo menor assistido e pelo responsável;

  • Certidão de nascimento, e/ou documento de identificação e CPF, se tiver, do menor documento de identificação, CPF e comprovante de residência do responsável;

1.5 – Menor de idade impúbere (até 16 anos)
Formulário assinado pelo responsável;

  • Certidão de nascimento e/ou documento de identificação e CPF, do menor (se houver);
  • Documento de identificação, CPF e comprovante de residência do responsável.

1.6 – Distrato Social – Pessoa Jurídica
Assinado por todos os sócios, com reconhecimento de firma em cartório por autenticidade. O formulário será dispensado caso esteja especificado no distrato social a pessoa a quem se destina as ações. Deverão ser apresentados os seguintes documentos:

  • Distrato social;
  • Documento de identificação;
  • CPF;
  • Comprovante de residência dos sócios.

1.7 – Formal de Partilha / Certidão de Partilha
Formal de Partilha, cópia autenticadas. Caso o formal seja muito extenso, poderá ser enviado somente as páginas utilizadas para a transferência a seguir:

  • Abertura;
  • Relação dos Herdeiros;
  • Relação dos bens (ações envolvidas e respectivas quantidades);
  • Relação do pagamento (partilha);
  • Homologação da partilha;
  • Encerramento;

Para cadastramento dos herdeiros, deverá ser apresentada cópia autenticada dos documentos pessoais do(s) herdeiro(s) – CPF, RG, comprovante de endereço e comprovante do domicílio bancário.

1.8 – Alvará Judicial
Alvará em via original ou cópia autenticada.

O documento é específico para a finalidade de transferência, deve conter:

  • Nome da empresa emissora das ações;
  • Respectiva quantidade e tipo a ser transferida;
  • Cópias autenticadas dos documentos pessoais do(s) herdeiro(s), CPF, RG, comprovante de endereço e domicílio bancário.

Caso existam benefícios pendentes de pagamento e, haja autorização no alvará autorizar os valores serão partilhados entre os herdeiros, de acordo com seu quinhão.

Qual o procedimento para a conversão de títulos ao portador?

O acionista poderá fazer a entrega de certificados de ações ao portador para atualização/conversão em qualquer agencia Itaú ou em uma das Agências Especializadas em Valores Mobiliários.

Documentos necessários:

  • Documento de identificação do acionista, CPF, comprovante de residência e comprovante de domicílio bancário, em vias originais ou cópias autenticadas;
  • Cautelas;

O preenchimento do formulário será executado na própria agência.

Quais os documentos necessários para a atualização cadastral?

O acionista poderá solicitar a alteração cadastral, por meio de qualquer agência, ou nas Agências Especializadas em Valores Mobiliários.

3.1 – Pessoa Física
Preenchimento do modelo de “Alteração Cadastral”, que deverá ser preenchido, assinado e anexado os seguintes documentos:

  • Cópia autenticada do documento de identidade;
  • Cópia autenticada do CPF;
  • Cópia autenticada do comprovante de residência;
  • Cópia simples do comprovante de domicílio bancário do acionista.

3.2 – Pessoa Jurídica
Preenchimento do modelo “Alteração Cadastral”, que deverá ser preenchido, assinado pelo(s) representante(s) da empresa, sendo anexado
os seguintes documentos:

  • Endereço: cópia autenticada, ou abonada, do cartão CNPJ ou da ata de alteração contratual onde consta à mudança;
  • Opção de crédito: cópia do comprovante do domicílio bancário.

Para acerto de cadastro com o campo “CPF” ou “CNPJ” zerado, o acionista deve apresentar um comprovante de titularidade das ações.

Como é o procedimento para o crédito dos eventos distribuídos pelas empresas?

Em conformidade com os critérios estabelecidos pelas empresas clientes, o Banco Itaú efetua o pagamento dos juros sobre o capital, dos dividendos e/ou das bonificações em dinheiro mediante:

  • Crédito na conta corrente ou de poupança do acionista/debenturista, caso ele seja cliente do banco;
  • Envio de DOC eletrônico ou TED, para credito na conta mantida pelo acionista/debenturista em outra instituição;
  • Emissão de ordem de pagamento, caso o acionista não tenha conta corrente, ou conta poupança, em nenhum banco.

O acionista receberá o “Aviso de Pagamento de Dividendos” com informações sobre o pagamento.

Haverá divergência na opção de credito, interesse em alterá-la, ou, ainda, se não houver opção cadastrada, o acionista deve comparecer em qualquer agencia do banco munido de documento de identificação, CPF, comprovante de residência e comprovante de domicilio bancário.

No caso de pessoa jurídica, o solicitante deve ser o representante legal da empresa, que deve estar de posse da documentação comprobatória, de que ele está em pleno exercício de seus poderes, documentação de constituição da empresa (contrato social, estatuto, etc.), última alteração contratual (ou breve relato, para alterações ocorridas há mais de um ano), cartão CNPJ e comprovante de domicilio bancário.

A opção de crédito por ordem de pagamento ser a válida apenas para os valores que estiverem pendentes. Essa opção não permanece no cadastro do acionista, portanto para os pagamentos seguintes o acionista deverá fazer uma nova solicitação de “opção de pagamento”.

O imposto de renda devido pelo acionista em decorrência do recebimento de juros sobre capital, dividendos e/ou bonificações é retido na fonte ou no ato em que se efetivar o pagamento, salvo se o acionista for isento ou imune, de acordo com a legislação da época do pagamento do benefício.

O recebimento dos valores será feito aos acionistas no terceiro dia útil, subsequente a atualização cadastral nos registros eletrônicos do Banco Itaú S/A.

Como se deve proceder para a Subscrição de Ações ?

5.1 – Período de preferência ou prioridade

Este serviço é prestado por qualquer agencia mediante a apresentação, pelo acionista, do Boletim de subscrição de Ações, encaminhado via correio.

No caso de o acionista comparecer a agencia alegando ter ocorrido extravio do boletim de subscrição, subscrições parciais e outros casos não previstos, a agencia utilizará procedimentos internos para emissão de novo boletim.

Em todas as cessões de direitos de subscrição a assinatura do cedente deve ser reconhecida em cartório.

5.2 – Sobras

Eventuais sobras não subscritas no prazo preferencial de subscrição podem ser subscritas pelos acionistas que, no boletim de subscrição inicial, optaram pela reserva dessas sobras, desde que esse direito esteja definido no regulamento do aumento de capital da empresa.

Como obter informação sobre posição e/ou extrato de ações ?

5.1 – Período de preferência ou prioridade

Este serviço é prestado por qualquer agencia mediante a apresentação, pelo acionista, do Boletim de subscrição de Ações, encaminhado via correio.

No caso de o acionista comparecer a agencia alegando ter ocorrido extravio do boletim de subscrição, subscrições parciais e outros casos não previstos, a agencia utilizará procedimentos internos para emissão de novo boletim.

Em todas as cessões de direitos de subscrição a assinatura do cedente deve ser reconhecida em cartório.

5.2 – Sobras

Eventuais sobras não subscritas no prazo preferencial de subscrição podem ser subscritas pelos acionistas que, no boletim de subscrição inicial, optaram pela reserva dessas sobras, desde que esse direito esteja definido no regulamento do aumento de capital da empresa.

Como obter informação sobre posição e/ou extrato de ações ?

A cada bonificação, desdobro recebido e/ou subscrição exercida, é emitido Extrato de Movimentação de Ações com informações sobre a posição acionária do acionista.

Anualmente, são emitidos, para fins de declaração de imposto de renda, correspondência contendo a posição acionária do último dia do ano-base, bem como o resumo dos valores recebidos a título de dividendos, juros sobre capital próprio e, também, eventualmente, valores pagos por subscrição.

6.1 – Solicitadas pelo Cliente

6.1.1 – Agências da Rede – Posição e Evolução Acionária

As posições e evoluções de ações poderão ser solicitadas, pela rota: Serviços/Produtos; Acionistas; Extratos; Solicitação de Extrato de Posição Acionaria ou Solicitação de Extrato de Evolução Acionária.

As informações serão encaminhadas ao acionista, de acordo com o endereço constante no Sistema de Ações.

As solicitações por procuração somente serão fornecidas nas Agências Especializadas em Valores Mobiliários.

6.1.2 – Agências Especializadas em Valores Mobiliários

Quaisquer informações sobre posições acionárias somente serão fornecidas ao próprio acionista ou ao seu procurador devidamente habilitado no ato.

O acionista ou seu procurador deverá estar munido do documento de identificação, CPF, comprovante de residência e, se for o caso, cópia da procuração.