Segmentos de Negócios

A Positivo Tecnologia é uma empresa de tecnologia com origem e sede no Brasil que oferece uma linha completa de dispositivos, incluindo computadores de mesa (desktops e all-in-ones), computadores portáteis (notebooks e netbooks) e tablets, que são produzidos nas fábricas de Manaus (AM) e Curitiba (PR). Desde 2012, a Companhia atua também no mercado de telefones celulares, com a oferta de smartphones e feature phones, além de ser uma das poucas empresas da America Latina a possuir a certificação MADA para desenvolvimento de Android. Parcela substancial da produção de dispositivos da Positivo Tecnologia é vendida por meio das grandes redes de varejo, com as quais a Companhia mantém sólido relacionamento comercial, em função principalmente de seus preços competitivos, da qualidade de seus computadores, da reconhecida habilidade em customizar seus produtos aos anseios e necessidades do consumidor brasileiro e da sua ampla rede de assistências técnicas.

Outra parcela da receita da Companhia provém da área de Tecnologia Educacional. A Companhia oferece soluções de infraestrutura e gestão, aplicativos e plataformas educacionais, portais de educação, formação de professores e acompanhamento pedagógico. As soluções educacionais da Positivo Tecnologia estão presentes em mais de 14 mil escolas e são exportadas para mais de 40 países. Dentre os principais produtos estão mesas educacionais, dispositivos móveis, lousas interativas, dispositivos de armazenamento e recarga, projetores, acess point, e sistema de gerenciamento de aulas. A Companhia é também distribuidor exclusivo no Brasil de empresas líderes no desenvolvimento e distribuição de software educacional, bem como distribui produtos da LEGO® Education no território nacional.A Positivo Tecnologia nasceu do Grupo Positivo, que é um dos maiores grupos do segmento de educação no Brasil e foi fundada em maio de 1989 com o objetivo inicial de fabricar e vender computadores para escolas clientes do Grupo Positivo em todo Brasil.

Em 2017, a Companhia alterou sua denominação social de Positivo Informática S.A. para Positivo Tecnologia S.A., com o objetivo de alinhar a denominação ao propósito e essência da empresa, refletindo o conjunto de iniciativas para a diversificação de seus negócios, adequando-se ao conceito mais amplo e atualizado, que hoje atua com um variado portfólio de marcas, públicos-alvo e segmentos de negócio.

A entrada em novas tecnologias, orgânica e inorgânicamente, caracteriza esta nova fase. Da tecnologia médica à Agritech, dos servidores aos computadores como serviço (Hardware as a Service – HAAS), do grande projeto de Internet das Coisas – Positivo Casa Inteligente às novas iniciativas em Tecnologia Educacional.

Em 2018, a Companhia ingressou no mercado de servidores através da aquisição de 80% do capital da ACC Brasil Indústria e Comércio de Computadores Ltda. (“Accept”), que atua com foco na fabricação e venda de servidores e storages, além de soluções clientes, como Mini PCs, thin clients e desktops. Com a aquisição da Accept, a Companhia passa a ter um portfólio mais abrangente nos mercados corporativo e de licitação pública, em um período de recuperação da economia brasileira. Ainda em 2018, a Positivo Tecnologia abriu seu primeiro Fundo de Investimento em Participações (FIP), na forma de cotista única. Este veículo irá concentrar os próximos aportes da Companhia em empresas de base tecnológica, por meio da aplicação de parte das obrigações de investimento em P&D exigidas pela Lei de Informática, em consonância com a nova regulamentação emitida pelo governo federal, como contrapartida para incentivos fiscais que empresas do setor possuem.

No primeiro semestre de 2019, a Positivo Tecnologia foi uma das maiores fabricantes de computadores no Brasil, respondendo por 14,3% do número total de computadores vendidos no mercado brasileiro, de acordo com a IDC . Para o segmeto de celulares, a Companhia registrou volume de 905,2 mil dispositivos vendidos com market share de 3,7%, de acordo com a IDC.

A receita líquida da Companhia é resultante da atuação nos segmentos de varejo, governo e corporativo.

Em 30 de junho de 2019, a receita líquida da Companhia registrou R$ 925,2 milhões, sendo que o segmento de varejo representou 55,7%, o segmento de governo representou 21,7%, o segmento corporativo representou 22,6%.

A tabela a seguir apresenta a composição da Receita Líquida por segmento:

Em 2018, a receita líquida da Companhia registrou R$ 1.951,3 milhões, sendo que o segmento de varejo representou 51,7%, o segmento de governo representou 28,5% e o segmento corporativo representou 19,8%.

A tabela a seguir apresenta a composição da Receita Líquida contábil:

Portfólio da companhia

O portfólio da Companhia compreende desktops, notebooks, tablets, telefones celulares e servidores, e nossa atuação é segmentada nos mercados de varejo, governo e corporativo.

  • Segmento de Varejo. No varejo, distribuímos nossos produtos em lojas físicas e online por meio dos principais varejistas do Brasil (incluindo distribuidoras do tier 1, como Carrefour, Magazine Luiza, Fast Shop, Via Varejo, Extra, Cnova, Walmart, B2W, Lojas Americanas, do tier 2, como Pernambucanas, Koerich, Bemol, Grupo Mateus, Lojas Cem, Zenir Móveis, Fujioka, Riachuelho e do tier 3, como Infoeletromix, Mundial Magazine, Haikai, Techstore, Koisa Nossa, Avenida Cell e planeta eletrônicos), mas ainda com pouca exposição a varejistas de pequeno porte, vetor importante da estratégia de crescimento da Companhia. Das vendas no segmento de Varejo em 2019, 74,5% foram realizadas por via física e 25,5% em canais online.Percentual de Vendas por Tier de Varejo
  • Segmento de Licitações. Em termos do fornecimento de computadores para o setor público, temos forte domínio no mercado de licitações, especialmente entre 2012 e 2015 quando ocorreram diversas licitações do Ministério da Educação através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, não obstante a Companhia atuar em referido mercado há mais de 25 anos;
  • Segmento Corporativo. No mercado corporativo, vendemos nossos produtos em grande escala para empresas e é um nicho no qual nossa penetração de mercado tem apresentado um sólido crescimento nos últimos anos, se comparado historicamente. Em 2010, possuíamos 2.2% de Market share e, em 2018, esse número subiu para 8.2%.